Quer tratar as varizes? Saiba o melhor tratamento para o seu caso e fique atento aos cuidados

Tratamento pode ser feito com diversas técnicas e exige uma boa recuperação

Sabemos que com o final do ano se aproximando, tratamentos estéticos de todos os tipos ganham força no mercado. Não só os tratamentos faciais se potencializam nesta época, como existem aqueles que se incomodam com outras partes do corpo e não vêem a hora de mudar. 

As varizes, veias que se dilatam e entortam,  são um desses incômodos para muita gente. As mais fininhas são chamadas microvarizes e secam com a aplicação de um medicamento via injeção. Já as maiores e mais evidentes são as que causam o temido incômodo, como sensação de peso nas pernas, inchaço e dor. “Para esse tipo de varizes, a cirurgia é o mais indicado. A operação vai retirar esses segmentos dilatados, que estão grandes’’, explica o angiologista Guilherme Jonas.

Para quem não precisa passar pela cirurgia, existem outros tratamentos menos invasivos. Como o tratamento com laser para eliminação de varizes que é muito eficaz para tratar vasos pequenos e médios que aparecem nas bochechas, tronco e pernas. Ele causa menos dor em relação aos outros tratamentos, mas pode necessitar a realização de um tratamento complementar para aumentar a eficácia. Após o laser é importante evitar a exposição ao sol e utilizar filtro solar para evitar que a região tratada fique manchada.

O tratamento de varizes com espuma, conhecido como escleroterapia com espuma, é eficaz para os vasinhos e para as microvarizes. A espuma é uma mistura de gás carbônico com um líquido, que juntos são aplicados diretamente nas varizes, fechando a veia. Após o procedimento é recomendado utilizar meias elásticas de compressão para melhorar a circulação e diminuir as chances das varizes aparecerem novamente.

Algumas recomendações são importantes para que ambos os tratamentos sejam eficazes, como:

  • Usar meias elásticas de compressão diariamente, pois comprimem os vasos sanguíneos, devendo ser colocadas nas pernas logo ao acordar e retiradas para tomar banho e dormir. Podem ser encontradas nas farmácias ou em lojas de produtos hospitalares e devem ser utilizadas sob orientação médica.
  • Medicamentos para varizes, pois diminuem a retenção de líquidos e melhoram o retorno venoso, diminuindo as chances de desenvolver novas varizes. Esses remédios devem ser prescritos e orientados pelo médico.
  • Atividades físicas e aeróbicas. pois  assim o sangue é bombeado com mais força e a capacidade cardíaca também melhora, diminuindo a incidência das varizes.

E para quem não possui esse problema, prevenir é a melhor solução. “Fazer exercícios físicos com regularidade, controlar o peso, sentar e deitar com as pernas para cima para garantir a circulação sanguínea são algumas indicações. Mesmo com a prevenção, caso veja um desses vasinhos em alguma região do corpo, procure um médico, o tratamento precoce é um bom aliado’’, finaliza o Dr Guilherme.

Fonte: Guilherme Jonas, médico angiologista e cirurgião vascular, especialista em cirurgia vascular pela SBACV (Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular). CRMMG 44020, RQE 28561, 37143. Diretor técnico da clínica Angiomais em Belo Horizonte MG.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
ENTRE EM CONTATO