Varizes: por que elas são tão comuns na gravidez?

Cuidados com saúde vascular devem redobrar para evitar complicações

Durante a gestação, as mulheres sofrem com diversas alterações no organismo e percebem o surgimento de alguns sintomas característicos dessa fase. Entre eles, as varizes são um dos principais problemas relatados. De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV), uma entre cada três gestantes desenvolvem varizes durante a gravidez. Mas por que esse problema é tão comum durante esse período?

Guilherme Jonas, médico angiologista e cirurgião vascular, explica que, por uma questão hormonal, é comum que as mulheres sejam mais acometidas pelas varizes. Só em território nacional, 45% das brasileiras sofrem com o problema. Porém, durante a gravidez, o transtorno pode surgir com ainda mais frequência. “Basicamente, durante o período de gestação, a mãe produz mais sangue que é distribuído entre ela e o bebê. Além disso, existe o peso maior, o crescimento do útero e o aumento na produção do hormônio progesterona. Todos esses fatores reunidos fazem com que a circulação sanguínea fique desregulada, pois ela precisa lutar com a gravidade e os vasos com maior nível de contração”, esclarece.

O médico acrescenta que, ao contrário do fator genético ou qualquer outro tipo de predisposição que contribui para o surgimento das varizes em outras fases, na gestação a doença pode ocorrer sem um motivo prévio. “Por isso, o acompanhamento médico é fundamental para monitorar qualquer sintoma fora do comum. Assim, podemos avaliar o avanço e a necessidade de utilizar medicamentos ou exercicíos para lidar com a situação. Tudo vai depender do organismo de cada uma”, diz.

Enquanto isso, alguns hábitos durante a gravidez podem ajudar a reduzir as os sintomas ou surgimento das varizes. “O principal é manter as consultas de rotina necessárias em qualquer gestação e intensificar os hábitos saudáveis de alimentação e exercícios”, destaca.

Segundo Guilherme, o médico responsável pelo acompanhamento pode passar uma lista de exercícios para incentivar a circulação. Além disso, as meias elásticas de compressão podem ser um excelente auxílio. “As meias ajudam bastante na hora de eliminar as varizes e dores nas pernas comuns no período de gestação. Porém, também é necessário avaliação médica para indicar o melhor modelo, já que existem diferentes tipos de compressão”, orienta. 

Fonte: Guilherme Jonas, médico angiologista e cirurgião vascular, especialista em cirurgia vascular pela SBACV (Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular). CRMMG 44020, RQE 28561, 37143. Diretor técnico da clínica Angiomais em Belo Horizonte MG

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
ENTRE EM CONTATO